acidente_janderson (3)

Serviços gerais se fere gravemente ao provocar acidente com moto no centro de Andradina

ANDRADINA – Os serviços gerais Janderson Renan Costa Rodrigues, de 21 anos, residente na rua são Francisco, bairro São Francisco, sofreu fratura do fêmur da perna direita, além de outras três costelas e seu amigo que seguia como passageiro, Lucas da Silva Lima Sacco, o “Branco”, de 19, da rua Jesus Trujillo, jardim Alvorada, teve diversas escoriações e contusões pelo corpo, porém, sem muita gravidade, ao se envolver em acidente de trânsito na manhã de domingo (12), no cruzamento das ruas Dom Bosco com Santos Dumont, centro. Socorridos pelo resgate ao pronto socorro municipal (PAM), Janderson permaneceu internado na Santa Casa e “Branco” foi medicado e liberado. A Polícia Militar registrou boletim de ocorrência.

O acidente aconteceu quando Janderson pilotava a Yamaha YBR, na cor vermelha, tendo “Branco” como passageiro, pela rua Santos Dumont,  sentido centro/bairro e no cruzamento coma a Dom Bosco, passou direto, batendo violentamente contra a lateral esquerda do Ford KA, na cor prata, dirigido pela operadora de telemarketing Ayla Natiele Nunes Souza, de 19 anos, residente na rua Paes Leme, bairro Pereira Jordão, que levava em uma cadeirinha uma cunhada sua de apenas 4 anos.

Com o forte impacto, a motorista perdeu o controle de direção do Ka, subiu na calçada e ainda bateu contra o Corsa na cor prata, pertencente ao engenheiro civil Sinval Previatto, que estava devidamente estacionado enquanto ele, junto com a esposa Silvia,  visitava a sogra, moradora das proximidades.

Ao bater na moto, Janderson sofreu fraturas do fêmur e de pelo menos três costelas, além de escoriações. A moto sofreu perda total, conforme avaliação do policial militar, além de ter sido apreendida por estar com a documentação vencida, e o condutor não possuir carteira nacional de habilitação. Naão foi informado o motivo deles estarem correndo tanto.

O Ford KA sofreu grande amassamento em toda sua lataria, quebra do vidro do motorista e do parachoque, todos lado esquerdo. O veículo pertence a mãe da motorista. A jovem estava levando produtos para montagem de pizzas para uma campanha desenvolvida pela congregação evangélica a que pertence. Ela sofreu pequenas escoriações provocada pelos estilhaços do vidro da porta, mas recusou encaminhamento ao PS.  

Mil Noticias/Agência

Comments are closed.

>