temporal_andradina (5)

Temporal provoca alagamentos e muitos prejuízos em Andradina

ANDRADINA – O forte temporal que caiu na tarde de quarta-feira (10), em Andradina, provocou alagamentos em diversos pontos da cidade, inundou casas e quintais e ainda provocou muito prejuízo. Uma casa localizada no jardim Europa chegou a ser interditada pela Defesa Civil, depois de acionada pelo Corpo de Bombeiros quando do atendimento da ocorrência. Uma avaliação técnica de um engenheiro vai decidir se o imóvel tem condições de habitação.

A chuva foi rápida, porém muito intensa, tendo o serviço de metereologia  marcado 25mm de precipitação pluviométrica, porém, deu a impressão de que o volume de chuva foi maior do que isso.

Os pontos de inundação já conhecidos pelos diversos bairros e centro da cidade novamente sofreram as consequências das bocas de lobo ineficientes e muitas delas fora dos padrões, não suportando o grande volume de água.

No trevo da Av. Guanabara com rodovia Marechal Rondon (Vila Messias); trevo da rua Bandeirantes com  rodovia Integração (Santa Cecíalia); cruzamento das ruas Rodrigues Alves com Rio de Janeiro (centro), Av. rio Grande do Sul com rua Paraíba (Benfica), e também na rua Josino Canoa nos cruzamentos com 21 de Abril e Sete de Setembro, onde dois automóveis foram arrastados, tendo um deles ocupado por um casal a caminho do trabalho.

O morador do cruzamento da rua Josino Canoa com Sete de Setembro conseguiu ajudar a se abrigar em sua casa. Os bombeiros chegaram a ir ao local, mas a situação já estava resolvida.

Também na rua Josino Canoa, na casa de nº 317, no Jardima Alvorada, a agua invadiu todos os cômodos da casa, ficando com mais de 20 centímetros de lâmina de água, provocando estragos em móveis, roupas, utensílios domésticos e produtos elétrico/eletrônicos. Havia um Fusca na cor vermelho estacionado na calçada em frente dessa casa, que estava para reforma. A forte correnteza arrastou-o por quase 10 metros, levando junto outro Fusca na cor verde, também para reforma, estacionado junto ao meio fio.

A situação também foi grave em uma residência localizada no cruzamento das ruas Grécia com Matheus Munhoz Ruiz, no jardim Europa, tendo sido invadida por mais de meio metro de água proveniente dos fundos do campo do clube Japonês (AACEA). Não havia ninguém na casa no momento da chuva. Quando a proprietária chegou encontrou a casa completamente inundada. Ela pediu ajuda para vizinhos para tentar salvar alguma coisa.

Quando os bombeiros chegaram, constataram a situação de perigo e interditou o imóvel para que ninguém entrasse no local. Tudo que havia abaixo de meio metro foi destruído pela água, incluindo eletrodomésticos em geral. A mulher não sabe o que vai fazer para recuperar tudo o que perdeu. (MIL NOTICIAS/Agência)

NOTA A IMPRENSA

O Governo de Andradina está sensível a todos os transtornos causados pela chuva ocorrida na última quara-feira (10). Os diversos setores da administração municipal estão empenhados em ajudar aqueles que necessitam.

Segundo a Defesa Civil houve uma chuva de nível 8, que vai de 0 a 10, sendo um volume muito grande em um período curto de tempo, prejudicando o escoamento da água em todos os lugares.

A Defesa Civil já está atuando nos locais, fazendo o atendimento e os
levantamentos necessários, para não deixar nenhuma família sem atendimento. A entidade monitora os locais de risco de alagamento e pontos críticos e caso o cidadão necessite deve acioná-la pelo número (18) 9 9795 6435.

Outro alerta da Defesa Civil é quanto aos locais com reincidência de alagamentos, onde o cidadão deve ficar atento.  Foi encontrada também uma grande quantidade de lixo nas grelhas e bocas de lobos. Segundo a Defesa Civil, a população deve estar alerta e não jogar lixo nas ruas e em locais impróprios.

Já estão previstas obras em pontos no Jardim Europa, Santa Cecília e Bacia da Bandeirantes (região da rua Humberto de Campos com Espírito Santo) que passarão a receber melhorias e ampliação das galerias pluviais após o período de chuvas.

Comments are closed.

>