Motorista da Reunidas morre em acidente em Três Lagoas; tragpedia ocorreu em pleno Natal

TRÊS LAGOAS/MS – O motorista da Empresa Reunidas Paulista Aparecido Rodrigues Dias de 49 anos, que seguia para o trabalho teve a vida ceifada por uma veículo Citroen C3, dirigido por Rosalina Alexandre da Fonseca, de 35 anos, que causou um grave acidente de trânsito no dia em que se comemora o Natal.

Acidente provocou morte de uma pessoa, destruição em 4 veículos e uma Biz. Foto: Rádio Caçula
Acidente provocou morte de uma pessoa, destruição em 4 veículos e uma Biz. Foto: Rádio Caçula
Veja mais imagens clicando AQUI

Conforme divulgado com exclusividade no portal da Rádio Caçula, a fatalidade aconteceu no final desta quarta-feira (25) na Rua José Hamilcar Congro Bastos, esquina com a Avenida Antônio Trajano, ao lado do Presídio Feminino, em Três Lagoas/MS.

VÍTIMA FATAL

A vítima fatal, identificada como Aparecido Rodrigues Dias de 49 anos, chegava na Estação Rodoviária local em que uma motocicleta Honda Biz quando foi atingida violentamente pelo Citroen C3 placa GAB - 1161 de Três Lagoas dirigido por Rosalina Alexandre da Fonseca, de 35 anos, que estava sozinha no veículo no momento da colisão.

VERSÃO DE TESTEMUNHAS

Conforme testemunhas, a mulher - que trabalha em um supermercado ao lado da rodoviária - não parou na preferencial do motociclista que seguia de forma correta pela via na avenida, no sentido centro/bairro. Conforme ainda dados policiais, a motorista dirigia em alta velocidade e após impacto, arrastou o homem por aproximadamente 50 metros e posteriormente bateu em mais três carros que estavam estacionados.

TRAPALHADA E PREJUÍZOS

Entre automóveis atingidos estão um Fiat Uno; um VW Gol e um Fiat/Palio - que seguia em sentido contrário - e estava ocupado por 5 pessoas. A informação inicial era que a condutora de 20 anos ficou em estado de choque e estaria grávida, mas a informação da gestação não foi confirmada no Hospital Auxiliadora, para onde as vítimas foram levadas por equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A gestante seria uma passageira que nada sofreu, ao contrário dos demais ocupantes. Um jovem de aproximadamente 25 anos teve um corte na cabeça, a mãe da motorista e da gestante teve uma fratura no braço direito e a 5º pessoa nada sofreu.

TENTATIVAS DE FUGA E LINCHAMENTO

Rosalina Alexandre foi detida por populares na rodoviária após fugir do local do acidente e receber os primeiros socorros de testemunhas. A detenção da mulher ocorreu no momento ela - acusada - embarcava em um moto taxi para fugir, foi quando uma equipe da Rondas Ostensivas e Táticas do Interior (Rotai) deu voz de prisão a jovem.

As pessoas que acompanharam a fatalidade queriam linchar a mulher, o que foi evitado com a chegada da guarnição policial.

Com sintomas de embriaguez, Rosalina Alexandre foi encaminhada para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC).

Na delegacia, a motorista será ouvida pela autoridade policial e deverá ser autuada em flagrante por dirigir sob influência de álcool , danos e homicídio culposo ou doloso.

COMPANHEIROS DE FESTA

Conforme o vídeo gravado pela reportagem, pessoas que estavam na festa onde estava a causadora do acidente, disseram que ela estava ingerindo bebida alcoólica e ao se desentender com o namorado, saiu com seu carro transtornada em rumo ignorado.

Testemunhas disseram aos policiais que a mulher vinha pela Avenida Eloy Chaves - no sentido rodoviária - em zigue zague e não parava em nenhum cruzamento de PARE obrigatório.

VÍDEO COM OUTRAS TESTEMUNHAS

Vídeos gravados pela reportagem mostram as versões das testemunhas sobre o perigo e risco de morte em que muitos pedestres e pessoas que estavam sentadas na frente de suas casas nas calçadas correram naquele momento. "Quando ela bateu no homem, ele chegou a voar em uma altura de mais de seis metros, chegando próximo aos fios de telefone. Foi terrível", disse uma entrevistada.

IMOL

Aparecido Rodrigues Dias morreu 2h após o acidente e foi levado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL) de Três Lagoas e após exames periciais, será liberado para o fúnebre.

A vítima teve múltiplas fraturas na bacia, pernas, braços e um possível traumatismo craniano.

 

FONTE: RÁDIO CAÇULA